LIMITES DO PENSAMENTO POSITIVISTA PARA PENSAR AS RELAÇÕES DE PODER NA SOCIEDADE

Teoria PositivaDiante da crise estabelecida na Europa do século XIX a partir da transição dos pensamentos feudais em seus últimos dias, início da revolução industrial e o grande êxodo da massa camponesa para os grandes centros atrás de empregos e melhores oportunidades, inúmeros pensadores tentaram estabelecer perfis de comportamento a fim de restabelecer a ordem social e por assim dizer continuar o desenvolvimento humano e econômico da sociedade.

Sendo assim Augusto Comte, baseado em observações e reflexões sobre a realidade histórica de sua sociedade, estruturou o Positivismo, teoria que tem como propósito a valorização dos fatos procurando identificar a filosofia baseada nos dados da experiência como única e verdadeira, assim o, conhecimento só tem valor dentro de uma analise de verdade comprovada, dessa forma o Positivismo seria a ferramenta que constituiria uma nova unidade de pensamento capaz de recompor a ordem social.

A teoria de Comte é baseada em três fundamentos determinantes a sua aplicação e entendimento, sendo o primeiro deles a “lei dos três estados”, onde Comte determinava que passássemos por três estados evolutivos sendo eles, o teológico em uma primeira etapa, seguido de um estado transitório denominado metafisico e por fim o amadurecimento que se dava no estado positivo, sendo esse ultima fixo e definitivo no processo evolutivo da humanidade.

O segundo fundamento seria a classificação das ciências, imprimindo uma hierarquização destas, desde os fenômenos mais simples e gerais até os mais complexos e específicos, caso não passasse por esse processo o homem jamais teria atingido o estado maduro da racionalidade Positiva e por fim o terceiro e ultimo fundamento Positivista baseado também na lei dos três estados a reforma da sociedade, que acontece através da reorganização intelectual, moral e por fim politica, destacada como uma das tarefas do Positivismo e o reestabelecimento da ordem na sociedade capitalista industrial, desmontada pela Revolução Francesa.

Comte, na teoria Positiva limitava-se a apresentar reformas aplicando os mesmos métodos das ciências naturais, ou seja, a sociedade regida por leis naturais, invariáveis e independentes da vontade e da ação do homem reinando assim uma harmonia universal, ignorando diferenças cruciais entre a natureza e a sociedade como um todo o que tornou inevitável a concentração do poder nas mãos de quem estava no topo da hierarquia de capacidades, os industriais, que segundo o autor devido à virtude desses para concentração de capitais que a civilização conseguiu alcançar o desenvolvimento, o que reestabeleceu, portanto uma mudança no domínio do poder temporal anteriormente ligado aos exércitos e a Igreja.

A sociedade positivista pensada para desenvolvimento da ordem industrial e organização cientifica do trabalho junto a toda sua filosofia que, amplamente difundida e utilizada na Europa Ocidental do século XIX até a Primeira Guerra Mundial, pode ainda hoje ser vista em diversas esferas da nossa sociedade, estabelecendo limites e determinando papéis dentro de um Estado controlador que orienta a direção do conjunto e sua forma reguladora garantindo que nenhum dos atores se sobrepunha ao outro e ordenando dessa forma toda a sociedade em um equilíbrio harmônico.

Incorporando o proletariado em uma educação dirigida e apenas o qualificar para mais uma profissão, estabelecer um ganho mínimo econômico justificando a exploração do trabalho e acentuar a manutenção dessas condições valorizando a moralidade no seio da família, demonstram o quanto ainda estão enraizados em nossa sociedade pensamentos positivistas indicados de forma latente no conceito de Estado e manutenção do poder como a conhecemos.

Arthur Sinnhofer

Anúncios

Publicado em 12 de março de 2013, em Artigos e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Great write-up, I am regular visitor of oneˇ¦s website, maintain up the excellent operate, and It is going to be a regular visitor for a long time.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: